Home Casa Dicas de economia doméstica – Parte 2

Continuando nossas dicas de economia doméstica, hoje iremos falar sobre compras no supermercado, dicas de passeios, economia em casa e sugestões de alimentação. Vamos lá?

Se não viu a parte 1, clique aqui.

No supermercado

Você já sabe que deve ir ao supermercado depois das refeições, portando listas de compras. Porém, ainda pode estar cometendo um erro comum, praticado por muitas pessoas.

Quando você vai comprar alimentos vendidos em pacotes ou bandejas, se a porção for parcial (maior ou menor do que um quilo), geralmente olha somente o preço a pagar.

Acontece que, ao fazer isso, você provavelmente estará pagando mais. Sabe aquela embalagem com algumas fatias de queijo, por exemplo? Você pode desembolsar apenas R$ 5,00, mas, se olhasse o preço por quilo, poderia levar algumas fatias a mais do produto vendido por outra marca, que está sendo comercializado mais barato.

Outra coisa: ao comprar promoções, item já recomendado por nós, fique atento se realmente leva o terceiro item grátis na compra de dois. Outro dia me deparei com três embalagens de café, sendo que a terceira supostamente era grátis. Mas o preço total era cobrado por três produtos, não dois. Então, não havia vantagem em comprar mais, nesse caso.

Dicas de passeio

parque

Quando você está sem dinheiro ou quer fazer economia doméstica em passeios, o que faz? Provavelmente, algumas vezes, leva a família ao shopping. A ideia é boa, porque o local é climatizado, tem estacionamento coberto e muitas vitrines pra olhar, sem que haja necessidade de gastar dinheiro.

Contudo, a tentação é grande e você certamente se deparará com alguma “promoção”. Com isso, gasta o que não pode com algo de que não precisa. Então, recomendo que leve a família ao parque, local onde vocês se divertirão e provavelmente não irão gastar.

Monte uma cesta ou coloque alimentos na mochila, para fazerem um piquenique. Com certeza será muito divertido e prazeroso. E o melhor: de graça.

Ah, parque lembra brincadeiras com a criançada. Ao invés de comprar brinquedos caros para seus filhos, sobrinhos e afins, faça economia doméstica e os ensine a serem criativos. Os brinquedos de antigamente (bola, ioiô, bilboquê, ciranda, jogo da memória, pião, etc.) são extremamente educativos e não custam uma fortuna, nem se estragam facilmente.

E mais: dedique um tempo do seu dia para criar brinquedos com as crianças, feitos com sucata, papel, tesoura, canetinha, etc. Eles darão mais valor ao que construíram.

Economia em casa

Troque, aos poucos, todas as lâmpadas incandescentes de sua casa por modelos mais baratos, como fluorescentes ou de led. Elas são mais caras, mas a economia na conta de energia será grande, além de terem maior durabilidade. E a baixa não é pouca: pode-se economizar em até 75%.

Substitua, também, aparelhos eletroeletrônicos antigos, como geladeira, ar condicionado, chuveiro, ferro de passar, etc. Os modelos mais modernos gastam menos energia e são mais eficientes. De preferência para produtos com selo Procel de Economia de Energia (aqueles com categorias baseadas em letras – A é o mais econômico).

O último a sair apaga a luz! Se vocês seguirem essa frase em sua casa, gerará uma economia doméstica considerável. Por que deixar a tevê ligada na sala, se você for à cozinha? Não há motivo para deixar a luz acesa se você não estiver naquele cômodo. Ao sair, apague a luz.

Feche a torneira quando for escovar os dentes, ensaboar a louça ou lavar os cabelos. A economia não é pouca, se você acha que estou falando besteira. E mais: acabe com as torneiras que pingam constantemente. Geralmente o problema é uma bucha, que custa quase nada.

Está preocupado com a conta de energia elétrica? Quer uma dica de economia doméstica educativa e econômica? Desligue a tevê e vá ler um livro. Simples assim. Além do mais, ajuda a relaxar seu organismo antes de você dormir. Não é por acaso que as crianças adoram histórias na cama.

Atualmente vemos muitas empresas do segmento de consertos em casa, os chamados maridos de aluguel. Por que gastar dinheiro em manutenção que você mesmo pode fazer? Procure tutoriais na internet e faça você mesmo o trabalho, quando for possível. Além de aprender, você guarda um bom dinheiro. Faça economia doméstica e aprenda profissões.

Cancele as assinaturas desnecessárias, como jornais, revistas, televisão, telefone fixo, internet, etc. Se você pode ler jornal na empresa, não há motivo para ter um exemplar em casa. Os periódicos também podem ser acessados pela internet ou em locais públicos, como cafeterias e bibliotecas. Se você não passa muito tempo em casa, cancele o plano de telefonia fixa e/ou internet wi-fi e aumente o pacote de dados ou minutos do celular.

Economia na alimentação

cafe-da-manha

Em breve voltaremos com mais dicas de economia em casa, mas agora iremos falar também de alimentação. Por que motivo sair apressado e tomar café ou lanche na rua?

Se você acordar um pouco mais cedo (vinte minutos bastam), conseguirá preparar e tomar um bom café da manhã, assim não precisará fazer paradas na panificadora ou lanchonete a caminho do trabalho. Sem contar que a alimentação balanceada previne obesidade e doenças.

De agora em diante, nada de não comer de manhã e encher o prato do almoço, ok? É preciso tomar um bom café antes de sair de casa e levar lanche para o meio da manhã, como uma fruta comprada no dia em que estava na promoção no supermercado.

Falando em levar de casa, por que você não faz alimentação em maior quantidade, para levar o almoço para o trabalho? Se você fizer porções a mais, pode congelar para a semana toda. Vá alternando para levar sempre comida diferente, que será esquentada no microondas da empresa. Se não houver, leve salada e carnes frias.

Cozinhando mais, você também poderá fazer economia doméstica pelo reaproveitamento de alimentos. Se sobrar arroz, adicione alguns ingredientes e prepare bolinho ou à grega. Sobras de frango ou carne podem virar uma torta, assim como as cascas de legumes podem ser assadas com azeite, para servirem de aperitivo crocante. Frutas podem virar doce, compota ou sobremesa, inclusive suas cascas (por exemplo, doce de casca de laranja).

Aguarde, em breve você conhecerá outras formas de economizar no orçamento doméstico!

Artigos relacionados
0 1126

0 1073

Deixe um comentário