Home Casa Dicas de economia doméstica

Morar junto com quem se ama está entre as melhores coisas do mundo. A vida a dois é feita para dividir alegrias e tristezas (e despesas). Se o mês está comprido demais e vocês contam os dias para receber o pagamento mensal, confira minhas dicas de economia doméstica.

Crie uma planilha de gastos

planilha-de-gastos

Quando vocês recebem o pagamento, o dinheiro dura poucos dias? E pior: você mal percebe pra onde ele foi? Então, para ter melhor controle dos custos, crie uma planilha com os gastos de ambos.

Alimente-a com tudo o que gastar dinheiro, desde as contas fixas até as variáveis. Assim, será mais fácil saber para onde vai o dinheiro do casal e também é uma forma de saber o que pode ser cortado.

Não atrase pagamentos

Sabe para onde, provavelmente, vai o seu dinheiro e vocês não percebem? Para as taxas de juros! As contas, quando não são pagas na data estipulada, rendem juros, que serão pagos nas próximas faturas.

Algumas não geram tanto acréscimo, mas contas como prestação do imóvel, do carro, do curso e do cartão de crédito podem ter seu valor bastante elevado quando não são pagas em dia. E não estou falando de atrasar muito, às vezes o acréscimo é alto com um dia de atraso.

Programe o vencimento das faturas para quando vocês recebem o pagamento. Essa é uma grande dica de economia doméstica.

Economize no supermercado

economize-no-mercado

Faça uma lista de compras para adquirir somente o que for necessário. É mais fácil resistir às tentações, previne esquecimentos, novas idas frequentes e, assim, vocês gastam menos. Além disso, as listas facilitam bastante porque deixam vocês menos tempo no supermercado. E tempo é outra coisa que ninguém quer perder!

Não compre com fome. Prefira ir ao supermercado após fazer refeições, porque você evita aquele impulso de querer levar tudo pra casa. Além do mais, a fome é inimiga da sensatez e fará você comprar doces e guloseimas (que são mais caros) no lugar de frutas, verduras e legumes (que são mais baratos, realmente sustentam e fazem bem à saúde).

Faça compras em lugares baratos. Quem não gosta de ir àquele supermercado chique, dentro do shopping? Pois é, isso é muito prático, mas provavelmente vocês comprariam o dobro de produtos se fossem no mercado da esquina. Pense nisso.

Compre produtos em promoção. É muito fácil encontrar promoções leve 3, pague 2. Com os produtos perecíveis você precisa avaliar, mas é uma excelente dica de economia doméstica se vocês consomem os itens com frequência ou então se não são perecíveis (como produtos de higiene e limpeza, por exemplo).

A maioria dos supermercados faz um dia especial para promoções de determinados produtos. É claro que ninguém tem tempo de ir ao estabelecimento na terça pra comprar hortifruti e na quarta pra abastecer o estoque de carnes, mas prefira comprar dessa forma se o montante de compras do mesmo item for significativo. Na quantidade, você faz bastante economia doméstica.

Compare preços

Se você está lendo esse texto, é porque tem bom acesso a internet. Então, por que não usar essa facilidade para comparar preços de produtos? Se vocês estão precisando de um refrigerador novo, não compre o primeiro que encontrar, na sua loja preferida.

Coloque o modelo escolhido na internet (ou procure o tipo de acordo com a sua condição financeira) e compare os preços que estão pedindo pelo produto. Você pode descobrir muitos descontos, mesmo com uma pesquisa rápida.

Dica: pesquise na loja, compre na internet, onde as condições de parcelamento são melhores, sem juros e até sem frete, dependendo do caso. Porém, se vocês puderem comprar à vista, melhor. Assim compensa comprar na loja, onde vocês podem barganhar descontos com o vendedor.

Diga não à garantia estendida

A garantia estendida não é uma enganação, mas vai contra seus planejamentos de economia doméstica. E geralmente você não precisará dela, pois, se o produto não quebrou durante o prazo de garantia normal, é difícil ter danos depois.

Não pague pela montagem

casal-montando

Se você comprar um produto e sua montagem for paga à parte, procure o item em outra loja, onde o valor seja grátis (ou esteja disfarçadamente embutido).

Outra dica: todo mundo conhece um montador de móveis particular ou tem um tio Severino, aquele que sabe de tudo um pouco.

E mais: a internet tem muitos tutoriais de montagem e faça você mesmo. Mostre que você é capaz e deixe seu dinheiro no bolso por mais uns dias.

Faça compras fora da temporada

Essa dica de economia doméstica é genial, mas muita gente perde dinheiro porque não segue.

Quando você faz as compras de Natal? Quando você compra ovos de Páscoa? Quando você compra condicionador de ar ou itens de praia? Quando você compra aquecedor, botas ou casacos?

Se você respondeu: alguns dias antes do Natal, nas vésperas da Páscoa, no verão e no inverno, respectivamente, me perdoe o que vou dizer, mas vocês gostam de perder dinheiro. Nessas épocas, a leia da oferta e da procura está mais forte ainda, estão os preços irão às alturas.

Antecipe pelo menos um mês suas compras de Natal e Páscoa, compre itens de verão no inverno e vice-versa.  A dica também vale para outras datas comemorativas, como dia das mães, dos pais, dos namorados, das crianças, etc.

E mais: compre roupas de inverno e verão no final da estação, quando começam as promoções de troca de coleção. Aí sim vocês ganham dinheiro e têm roupas novas para o ano seguinte.

Diga não à grife

compras

Por que você vai pagar três vezes mais (pelo menos) por uma camiseta que custaria muito menos dinheiro se não fosse comprada em loja de grife?

Vocês não precisam (e nem devem) fazer propaganda para a loja, a não ser que sejam patrocinados por ela. Claro que alguns itens (como tênis), duram mais, dependendo da marca, mas a maioria dos produtos pode ser comprada em lojas populares, como as de departamento.

Colabore com a economia doméstica, se vista bem e compre mais por menos. Assim, seu dinheiro dura mais e vocês podem aproveitá-lo de outras formas.

Artigos relacionados
0 944

0 912

Deixe um comentário