Home Fora de Casa 2 dias em João Pessoa – PB

Já faz alguns meses que estamos pensando em nos mudar do Recife, onde moramos. A próxima cidade seria – talvez ainda seja – João Pessoa.

Começamos a procurar imóveis na internet e encontramos um excelente apartamento, bem localizado, perto do mar (a 3 casas), num dos melhores bairros, 3 quartos (queremos um pro escritório e um pro estúdio do Alexandre), piscina, tudo!

Entramos em contato com uma corretora da imobiliária Execut. Falamos o que queríamos e que esse era o apartamento que realmente estávamos querendo ver.  Na hora ela fez elogios do apartamento, dizendo que era uma ótima escolha. Então marcamos com ela uma visita. No mesmo dia, ela mandou mil opções por e-mails e parou de responder as dúvidas sobre o apartamento desejado.

Viajamos até lá com um único intuito: ver esse apartamento que gostamos tanto. No dia da visita, o Alexandre ligou para corretora confirmando o horário foi ai que tivemos uma grande decepção: ela disse esse apartamento já estava sendo locado. Ficamos muito chateados pela falta de honestidade e comunicação da corretora, que já sabia disso antes da viagem.

Na hora pensamos em voltar imediatamente para Recife, mas depois o Alexandre falou:

“-Já que estamos aqui, vamos aproveitar conhecer a cidade”.

Como estávamos cansados, no primeiro dia ficamos relaxando em um barzinho à beira-mar. Pedimos um petisco de iscas de peixe e fritas (R$25), e algumas cervejas geladas (R$5 por 600ml).

Diferente de Recife, para usar guarda-sol e cadeiras de praia, você deve alugar. Aqui você simplesmente senta e consome algo.

À noite fomos ao Sal e Brasa (R$29,90 o rodízio no jantar, estava em preço promocional) que por sinal é infinitamente melhor do que o de Recife (que, pra ser sincera, é uma bela de uma porcaria). A comida estava excelente, com bastante variedades e atendimento nem se fala. Perfeito!

Já no segundo dia, que foi quando aconteceu o fato com a corretora, aproveitamos e fomos para o Lovina, um um bar super famoso (contaremos tudo no próximo post).

À noite fomos a um centro de alimentação onde muitos – muitos mesmo – turistas vão comer, na frente do Hotel Tambaú. O local escolhido foi o Macaxeira.com e pedimos umas tapiocas que o Alexandre queria que eu conhecesse. Ele já tinha dito que elas eram enormes, mas não imaginava que eram tanto kkk. A primeira é tão grande que o recheio vem em cima dela.

Pedimos uma salgada e uma doce. Claro que sobrou uma grande parte das duas, mas levamos pro hotel.

Artigos relacionados
0 1222

0 1154

Deixe um comentário